terça-feira, outubro 27, 2009

2009.10.25

joana diz:
começo a perceber porque é tão difícil entenderes anime
esta gente põe robots gigantes a lutar numa adaptação do conde de monte cristo
joão diz:
lol vês vês?
não consigo perceber como é que gostas de coisas tão bonitas e tradicionais como fausto
e depois gostas de anime.
joana diz:
sou uma pessoa complexa.
joão diz:
és uma pessoa desequilibrada.
joana diz:
pelo contrário
o facto de gostar de coisas tão opostas, torna-me equilibrada
desequilibrada era se só gostasse de uma coisa

joão diz:
está bem, leva a bicicleta
joana diz:

o fernand mondego acabou de destruir o arco do triunfo com um raio laser da sua nave espacial
joão diz:
o Dumas deve estar a rebolar-se todo

10 comentários:

Mariana disse...

Adorei xD
O vosso blog é um mimo pá!

Miles to go... disse...

Eu adoro este blog e já o assumi publicamente! Aqui está a prova:
http://milestgo.blogspot.com/2009/10/premio.html
:)
Continuem!

Daniela Major disse...

ahaha
A última fala "partiu-me" toda! Muito bom!

André Santos disse...

Joana, é impressão minha ou o Dragonball Kai, que supostamente era um resumo melhorado do Z, é muito pior em termos de desenho?

MMM. disse...

Ai essa coisa do anime anda a assassinar a literatura agora? O.o

Anaoj disse...

André,

Só vi os primeiros cinco minutos do primeiro episódio do Kai e fiquei logo desiludida. Pensei que fosse mesmo um remake em termos de animação (já que iam mudar vozes e bandas sonoras, pensei que o mesmo se aplicava à animação). Mas é exactamente a mesma coisa que foi transmitida cá há 10 anos. E com mais censura, ainda por cima. Bah para aquela gente. : x

E eis o trailer da adaptação do Conde de Monte Cristo, a quem interesse. : P http://www.youtube.com/watch?v=OaXvyrQv_5M

João disse...

Estou tentado a fazer a este último comentário o mesmo que tenho feito aos dos japoneses/chineses/coreanos/tailandeses.

-_-

Anaoj disse...

ANIME É FIXE.

Pronto.

João disse...

/ignore

Alice disse...

Anime :D Ainda hoje nutro uma paixão platónica pelo Rurouni Kenshi.